VACINAS PREJUDICAM A IMUNIDADE DOS ANIMAIS

Edição: 2009
VACINAS PREJUDICAM A IMUNIDADE DOS ANIMAIS
Prof. Eliete M.M.Fagundes
 Os animais domésticos ou mesmo aqueles que estão em criadouros em regime aberto, semi aberto ou fechado são constantemente submetidos a vários tipos de vacinas que os tornam cada vez mais frágeis, geração após geração. Se o ambiente onde vivem e a alimentação não forem equilibrados existe a tendência de despertarem adoecimentos que já estão no código genético, esta probabilidade aumentará depois da primeira vacina. Muitas pesquisas demonstram e também na prática por quem trabalha com animais, que quanto mais eles são vacinados mais se tornam frágeis. Um animal saudável, com um regime de vida equilibrado, não adoece constantemente e com surgimento de doenças cada vez mais profundas e graves. As vacinas são as maiores fontes criadoras de cânceres, segundo Hahnemann o criador da homeopatia, porque deixam o organismo mais débil, o sistema imunológico mais frágil. Se estes animais forem de corte, transmitem para os humanos esta fragilidade quanto mais ele também estiver enfraquecido. É um encadeamento sem fim, uma roda viva, animais frágeis adoecem pessoas que os ingerem, que por sua vez criam mais formas de os tornarem frágeis aos distanciá-los do seu habitat natural, dos seus costumes ancestrais. Ninguém dá curso de como um pássaro deve agir para se desintoxicar de determinados frutos tóxicos, mas ele sabe como agir, é uma informação universal, assim como gatos, cães, macacos, cavalos, etc. Ao viverem em um meio que não os agrida, conseguirão conectar sua energia interna que os alertará e guiará como uma bússula indicando o melhor caminho, desta forma não sentir-se-ão abandonados, tristes, depressivos ou revoltados e agressivos.

Homeopatias.com

Postagens mais visitadas deste blog

União de duas terapias consegue reabilitar pacientes que sofreram derrame

O Templo das Emoções